Where To Buy Contact Options
ícone de telefone
Se você tem dúvidas, ligue para nós.
1-800-338-3287
Talk to an Expert
mobile menu icon mobile menu close icon

Os locais de trabalho têm muitos perigos em que é preciso prestar atenção – mas detectores de gás sem manutenção não precisam ser um deles. Garanta que os seus detectores de gás estejam funcionando com tarefas de manutenção de rotina, como testes de resposta e calibrações. Vamos dar aqui uma visão geral de quando, por que e como realizar esses dois processos essenciais para você poder confiar que o seu detector de gás alertará sobre perigos invisíveis.

CALIBRAÇÃO

Para garantir que seu detector de gás possa detectar com precisão os níveis de gás, primeiro é preciso calibrá-lo. Calibrar o monitor significa expô-lo a uma concentração conhecida de gás de calibração ou gás de teste por um tempo específico. Essa leitura fica sendo o ponto de referência do detector de gás para leituras futuras. Repita esse processo todo mês para garantir leituras precisas. Lembre-se de que você precisa calibrar seu detector de gás regularmente porque os sensores podem variar com o tempo e contaminantes e inibidores podem afetar as leituras de gás.Saiba como reduzir ou eliminar problemas de manutenção de detectores de gás.

Você pode calibrar o seu detector de gás manualmente com gás de calibração e alguns tubos ou pode usar uma docking station para calibrar automaticamente o seu monitor segundo um cronograma definido. Calibrar o seu detector de gás com uma docking station também permite acessar os registros de calibração anteriores e gerar facilmente certificados de calibração para fins de conformidade.Usar gás de calibração incorreto ou expirado pode levar a uma calibração inadequada, o que significa que o detector de gás não fará leituras precisas. Esse simples erro pode ter consequências que podem alterar a sua vida, por isso é importante sempre verificar o conteúdo e a data de validade dos seus botijões de gás de calibração. Depois de vencido, o botijão não deve ser usado, pois reações químicas podem ocorrer dentro do recipiente e alterar o conteúdo.

TESTES DE RESPOSTAO

Testes de resposta, também conhecidos como testes funcionais, protegem você no trabalho, verificando se o monitor de gás emitirá alertas sobre níveis prejudiciais de gás. Nos testes de resposta, os sensores dos seus detectores de gás são brevemente expostos a uma concentração de gás superior aos pontos de ajuste de alarme. Esse teste verifica se os sensores do detector de gás respondem e se um alarme dispara conforme o esperado. É importante observar que o teste de resposta não verifica a precisão da leitura de gás. Ele verifica se os sensores e alarmes estão funcionando. A única maneira de saber se o seu detector de gás funciona é por meio de um teste de resposta antes de cada turno.A maneira mais fácil de fazer o teste de resposta do seu monitor é com uma docking station. A docking station pode fazer um teste de resposta automático do detector de gás antes de cada turno, em um cronograma definido. Isso elimina o tempo e o incômodo de fazer o teste de resposta do monitor manualmente. Se uma docking station não estiver disponível, também se pode fazer um teste de resposta manualmente com gás de calibração. Seja qual for o método que você escolher, comprometa-se a fazer isso todos os dias.

SEGURANÇA NA CALIBRAÇÃO E NOS TESTES DE RESPOSTA

Fazer uma manutenção de rotina do detector de gás garante que o dispositivo esteja pronto para uso. Se não fizer a manutenção do detector de gás, você corre o risco de exposição a gases perigosos, possivelmente levando a lesões ou fatalidades significativas.É importante fazer a manutenção do monitor de gás para saber que ele protegerá você do modo que se espera. Você tem um conjunto de habilidades específico que permite fazer o seu trabalho – certifique-se de fazer a manutenção do seu detector de gás para que ele também possa fazer o trabalho dele.