Where To Buy Contact Options
ícone de telefone
Se você tem dúvidas, ligue para nós.
1-800-338-3287
Talk to an Expert
mobile menu icon mobile menu close icon

Na indústria de alimentos e bebidas, há uma falta geral de conscientização sobre detecção e segurança de gases.O dióxido de carbono, incolor e inodoro, talvez seja o gás mais comum usado por empresas de alimentos e bebidas, mas dificilmente é o único gás com que se preocupar.

A amônia (NH3), um dos produtos químicos mais amplamente disponíveis no mundo, é a escolha preferencial para refrigeração industrial, congelamento instantâneo e armazenamento a granel devido à sua capacidade superior de resfriamento e baixo custo. Apesar de a amônia ser tão comum como gás refrigerante, a maioria das instalações de alimentos e bebidas não tem os protocolos ou equipamentos de que precisam para proteger os trabalhadores em caso de vazamento. A amônia é tóxica, mesmo em níveis baixos, e as pessoas precisam usar equipamentos de proteção individual ao trabalhar com ela.

Para se manter em segurança, você precisa entender os riscos da exposição à amônia, bem como o equipamento de detecção de gás de que precisa para detectar esse perigo invisível de gás.

O risco dos sistemas de refrigeração com amônia

Saiba como escolher os detectores de gás certos para proteger os seus trabalhadores e o seu local. Mesmo com manutenção de rotina e medidas preventivas, vazamentos de gás refrigerante podem acontecer, e acontecem. Em instalações maiores, a maioria dos vazamentos ocorre na sala que contém os compressores de refrigeração. O desgaste geral pode causar vazamento de tampas Schrader, vedações de rosca, anéis de neoprene e outras peças de refrigeração.
 
Quando usada na refrigeração, a amônia é convertida em um líquido conhecido como amônia anidra. Durante um vazamento, esse líquido rapidamente retorna uma forma gasosa que é tóxica para quem o inspirar.Apesar de ser incolor, a amônia tem um odor forte e pungente que a maioria das pessoas sente. Mas isso NÃO significa que se pode confiar no olfato para detectar amônia. Estudos mostraram que o limite no qual podemos sentir o cheiro de amônia varia muito e, em alguns casos, ela pode atingir concentrações prejudiciais antes que um ser humano consiga detectá-la.
 
A amônia é medida em partes por milhão (ppm), como qualquer outro gás. Conforme a concentração aumenta, a amônia se torna mais prejudicial. A amônia pode ser letal e até explosiva em altas concentrações
  • .0 a 25 ppm: os olhos ficam irritados, a respiração pode ser difícil.
  • 25 ppm: Limite de Exposição Permissível (OSHA).
  • 50 a 100 ppm: Inchaço das pálpebras, conjuntivite, vômito, irritação da garganta.
  • 100 a 500 ppm: as concentrações são perigosamente altas, a irritação torna-se mais intensa. Uma exposição prolongada e altamente concentrada pode resultar em morte.
 

Reduza os riscos com equipamentos de detecção de gás

Se a sua empresa de alimentos e bebidas usa amônia para refrigeração, congelamento instantâneo ou armazenamento a granel, você precisa usar monitores de gás portáteis ou de área para identificar esse perigo de gás.Monitores multigases pessoais, como o Ventis Pro5, são detectores de gás flexíveis que os trabalhadores podem usar para detectar amônia, onde quer que estejam. Esses monitores também compartilham leituras de gás em tempo real e alarmes de ausência de movimento e de pânico com outros detectores de gás e software de monitoramento ao vivo. Esse compartilhamento de alarmes proporciona visibilidade adicional e serve como proteção, para que alguém sempre saiba quando outro trabalhador encontra condições perigosas.Se você tiver um recinto grande com sistema de refrigeração, também deverá usar um monitor de área.
 
Com vazamentos de gás, é melhor saber o que está acontecendo à distância, e os monitores de área tornam isso possível. Os monitores de área, como o Radius BZ1, precisam ser posicionados em qualquer lugar em que possa haver perigo de gás. O monitor de área pode alertar sobre amônia que só seria detectada quando um trabalhador entrasse no recinto usando um detector de gás pessoal. Os monitores de área também podem compartilhar leituras de amônia com monitores portáteis para que os trabalhadores próximos saibam quando e onde há um vazamento de amônia e que precisam usar mais EPIs antes de se aproximar da área.
 
A amônia pode causar problemas de saúde em baixas concentrações e pode ser inflamável, explosiva e mortal em altas concentrações. Você precisa levar esses vazamentos a sério. Mantenha os trabalhadores, o estoque e a empresa em segurança elaborando um programa de detecção de gás que identifique vazamentos de amônia antes que eles deixem você numa fria.
 
Fale com os nossos especialistas em detecção de gases para encontrar o detector de gás amônia certo para a sua aplicação.