Where To Buy Contact Options
ícone de telefone
Se você tem dúvidas, ligue para nós.
1-800-338-3287
Talk to an Expert
mobile menu icon mobile menu close icon

Os seus funcionários dependem de você para garantir que os detectores de gás em que confiam todos os dias estejam funcionando corretamente e os alertem sobre possíveis perigos. Por esse motivo, o seu trabalho é incrivelmente importante - mas também pode ser desafiador e muitas vezes ignorado até haver um problema sério.

Pode ser difícil saber quando há um problema, qual é o problema, quanto tempo pode levar para corrigi-lo, quanto custará e muito mais. Rapidamente, a manutenção se transforma em uma dor de cabeça cara, sobretudo quando você precisar manter monitores de gás e peças de reposição extras à mão.

Quando o tempo é limitado e os reparos críticos têm precedência, não é incomum que a manutenção de rotina dos detectores de gás seja deixada para depois. Com efeito, o banco de dados do nosso iNet Control mostra a infeliz verdade de que apenas 20% dos usuários fazem testes de resposta todos os dias. Isso é preocupante, para dizer o mínimo.

Embora os testes de resposta e as calibrações não sejam desafiadores nem demorados, pode ser difícil reservar tempo na sua agenda quando inúmeras outras tarefas concorrem pela sua atenção. Quanto mais movimentados os seus dias, mais difícil é dedicar tempo a algo que funcionou bem ontem.

No entanto, a manutenção e o reparo de detectores de gás são essenciais para a segurança do trabalhador, e por isso é importante encontrar um plano de manutenção eficiente e eficaz. A seguir veem-se algumas maneiras de simplificar a manutenção da detecção de gás, por maior ou menor que seja o seu programa:

1. Programar janelas de manutenção manual: algumas empresas agendam a manutenção durante a semana de trabalho para garantir que os monitores recebam a atenção de que precisam. Considere implementar calibrações obrigatórias pela manhã no primeiro dia útil do mês. Embora esse processo exija um investimento de tempo maior no dia da manutenção, ele garante que todos os monitores sejam calibrados na frequência recomendada, dando a você a tranquilidade de que os monitores alertarem os trabalhadores sobre gases perigosos.

Melhor para: empresas com poucos monitores de gás e necessidades simples de detecção de gás.

Caixa do iNet Exchange

2. Instale docking stations: A popularidade das docking stations disparou nos últimos anos por um bom motivo: elas automatizam a manutenção de rotina da detecção de gás. As docking stations são sistemas completos de gerenciamento de instrumentos que testam, calibram e coletam dados valiosos automaticamente. Facilitam o acesso a registros precisos, para que você

possa ter certeza de que os detectores de gás são mantidos adequadamente e você está em conformidade.

Melhor para: empresas que podem fazer o reparo de detectores de gás, mas precisam reduzir o tempo gasto na manutenção diária.

3. Inscreva-se em um serviço de detecção de gás: em um programa de serviço completo baseado em assinatura como iNet® Exchange, você aluga detectores de gás e os emparelha com docking stations para automatizar a manutenção de rotina e eliminar reparos. Quando uma docking station detecta um declínio no desempenho de um monitor, solicita automaticamente um dispositivo de substituição para eliminar o tempo de inatividade do instrumento e o incômodo das solicitações de garantia. Depois de receber o monitor de substituição, você envia de volta o antigo.

Melhor para: empresas que desejem um programa de serviço completo para eliminar a manutenção e o reparo de detectores de gás, tempo de inatividade, logística e custos inesperados.

Ninguém gosta de gastar tempo e dinheiro para fazer a manutenção de detectores de gás, mas o investimento oferece o retorno mais valioso de todos: um local de trabalho seguro. Com várias opções de manutenção que podem ajudar a reduzir ou até eliminar a dor de cabeça associada à manutenção de detectores de gás, é mais fácil do que você pensa manter o seu programa funcionando sem problemas.