Espaços confinados: temos uma falha de comunicação

Espaços confinados: temos uma falha de comunicação

Occupational Health and Safety

Kyle Kruger | quinta-feira, 25 de junho de 2020

Dadas as estatísticas sobre mortes em espaços confinados, não seria necessário que os socorristas conhecessem as condições atmosféricas antes de entrar e tentar um resgate? E o atendente não deveria ver em tempo real as leituras de quem está em um espaço confinado?

Uma citação do filme "Rebeldia indomável", de 1967, resume perfeitamente os problemas que todos nós enfrentamos em espaços confinados. “O que temos aqui é uma falha de comunicação. Simplesmente não conseguimos alcançar alguns homens." Cerca de 60% de todas as mortes em espaços confinados são de socorristas, porque os homens e mulheres no espaço não conseguem comunicar os perigos lá de dentro. Segundo o Instituto Nacional

Download Full Article


We-Have-a-Failure-to-Communicate.pdf