O tipo de tubo de amostra usado faz diferença?

O tipo de tubo de amostra usado faz diferença?

Dave Wagner | sexta-feira, 26 de junho de 2020

Um cliente, Mike, me enviou um e-mail dizendo que alguém lhe disse que o tipo de tubo de amostra que ele usava poderia alterar as leituras que recebe no monitor de gás. Queria saber se isso era verdade.

Bom, Mike e todos os outros, isso com certeza é verdade. O tipo de tubulação de amostragem usado em conjunto com o monitor de gás em aplicações de amostragem remota e mesmo na calibração pode ter um efeito muito pronunciado nas leituras de gás obtidas. Nem todos os tubos de amostragem foram criados iguais. Certos tipos de tubulação reagem com certos gases e, portanto, afetam negativamente a precisão das leituras do monitor de diferentes maneiras.

Por exemplo, tubos de borracha de silicone e outros tipos de tubos que contêm silicone nunca devem ser usados com um monitor de gás que tenha um sensor de gás combustível catalítico. Os vapores de silicone que podem ser liberados da tubulação reagem e contaminam rapidamente o sensor, reduzindo a sua sensibilidade e a capacidade de detectar gás combustível com precisão.

A tubulação de PVC, como a tubulação flexível que a indústria geralmente chama de tubulação Tygon, pode ser adequada para amostragem de gases comuns, como oxigênio, monóxido de carbono, sulfeto de hidrogênio e gases combustíveis típicos medidos em níveis percentuais de LEL, mas os tubos de PVC também podem reagir com muitos COVs e outros gases, como cloro ou amônia e reduza a concentração do gás que finalmente atinge o sensor do monitor de gás. Uma tubulação a base de poliuretano pode ser mais adequada para alguns gases reativos. No entanto, ainda pode ser propensa a atrair umidade em ambientes úmidos, que reage e reduz a concentração do gás amostrado.

O meu conselho para o Mike, e para qualquer um que use um monitor de gás portátil, é usar tubulação feita de material não reativo de alta qualidade para amostragem remota e calibração em qualquer aplicação onde gases altamente reativos estejam sendo medidos em baixas concentrações. A tubulação mais adequada para aplicações de gás reativo seria feita de um material baseado em Teflon (PTFE) ou de PVC revestido com Teflon.

O tipo de tubo usado faz diferença. Usar tubos de alta qualidade e saber o que se está medindo ajuda a ficar em segurança.